Entenda o ataque da China ao Bitcoin


Anúncio


Anúncio

Entenda o ataque da China ao Bitcoin. A criptomoeda foi revelada ao mundo pela primeira vez em 2008, um usuário chamado Satoshi Nakamoto publicou em um fórum um arquivo chamado “Bitcoin: A Peer-to-Peer Eletronic Cash System”. O usuário usava um pseudônimo para revelar mais sobre bitcoin para o mundo.

Ataque da China ao bitcoin
Foto reprodução – Money Times

A queda significante do bitcoin 

O Bitcoin decaiu mais de 10% nesses últimos tempos, essa diminuição ocorreu devido ao ataque da China ao bitcoin, esse ataque ordenou uma expansão a repressão da mineração de criptomoedas, essa atividade foi proibida em uma província do sudoeste do país.

O Bitcoin havia batido um recorde de US$65.000 no ano passado, esse recorde foi algo muito significativo na época, mas com o ataque da China ao bitcoin houve uma diminuição mais significativa ainda, o preço do bitcoin chegou a cair para US$ 32.309.


Anúncio

images
Foto reprodução – Money Times

Processo de mineração

O processo de mineração é muito importante para o desenvolvimento do Bitcoin, é através desse processo que é obtida a criptomoeda, esse processo envolve cálculos extensos que são feitos em computadores, todos esses cálculos são feitos para que aconteça a verificação correta das transações.


Anúncio

O ponto realmente sobre esse ataque da China ao bitcoin é que o país em questão alimenta mais ou menos 80% do comércio mundial de criptomoedas no mundo todo.

images
Foto reprodução – Money Times

Realização do ataque ao bitcoin 

As autoridades da província de Sichuan realizaram o fechamento de 26 minas, essa informação foi liberada e confirmada nas redes sociais por um ex-minerador de bitcoin. No geral, o fechamento de 26 minas foi algo muito significativo que trouxe malefícios para a obtenção da criptomoeda.


Anúncio


Anúncio

O fechamento de minas na Província de Sichuan foi ainda mais significativo, já que é uma das maiores bases de mineração do país, o fechamento dessa base trouxe um grande prejuízo. Esse fechamento das minas trouxe o fim de mais de 90% da forma de mineração de bitcoins do país.

O ataque da China ao Bitcoin realmente aconteceu quando o Banco Popular da China anunciou que não aceitará mais criptomoedas como pagamento por seus produtos e seus serviços. Mais recentemente o Banco convocou outros bancos e instituições de pagamentos, essa ordem foi a repressão mais dura do comércio de criptomoedas. 

A China já emitiu dois posicionamentos negativos sobre as criptomoedas, três associações do Banco Central da China já se manifestaram, se posicionando contra as criptomoedas.

O ataque da China ao bitcoin aumentou mais ainda com a exigência que as instituições não façam negócios com moedas virtuais, houve também o apelo para que a população não se envolva com bitcoins, e se houver algum envolvimento da população, que seja com moedas virtuais reguladas pelo governo chinês. 

Se interessou pelo assunto e quer saber mais? Então confira mais informações sobre a Tesla interromper venda de carros com Bitcoin

Quer saber mais sobre esse assunto ou sobre assuntos semelhantes? Então confira se o cartão C6 Carbon é bom


Anúncio


Anúncio

Nosso artigo lhe ajudou a entender o ataque da China ao bitcoin?

Conte para a gente se, através desse texto, você conseguiu entender mais um pouco sobre o ataque da China ao bitcoin. O seu feedback é essencial para que nós possamos melhorar cada vez mais, buscando sempre trazer as melhores informações para todos vocês. 

Afinal, a sua opinião tem uma grande relevância para nós, e bons comentários são sempre bem vindos para que nossa equipe esteja mais motivada para trazer novos textos para você! Compartilhe também com os amigos para que nossa comunidade possa crescer cada vez mais!

Financeiro Digital é um portal que pertence à Generation Group, focado em finanças e informações personalizadas sobre as melhores opções de cartões de crédito. 

© 2021 - Financeiro Digital - Todos os direitos reservados

Sobre
Fale conosco 
Políticas de privacidade
Termos de uso
Disclaimer